A maior parte dos empreendedores atuais, inclusive os iniciantes, sabe da relevância das redes sociais para os seus respectivos negócios. No entanto, na busca por likes, compartilhamentos e comentários positivos, é comum que se caia em erros de marketing muito comuns.

Nós sabemos que é muito frustrante ver que a marca não está tendo um bom desempenho nas principais redes, principalmente para quem depende desses canais para garantir vendas.

No entanto, consertar isso nem sempre é uma tarefa difícil, basta ter o conhecimento necessário. Marketing Digital é novidade para muitas empresas, mas o sucesso começa depois da delimitação de estratégias, de saber o que fazer e o que não fazer.

Hoje, nós vamos focar nos principais erros de marketing. Se você está tendo dificuldade para garantir resultados, esse texto pode ser para você.

Primeiro dos erros de marketing: esquecer de atrair

Você já se sentiu incomodado(a) ao receber uma ligação de algum centro de telemarketing que estava oferecendo um serviço que você não precisava? Já foi abordado na rua por algum vendedor de loja que aproveitou sua distração? É bem chato, não é?

O lema aqui é ficar longe de estratégias invasivas e evitar bombardear o usuário de conteúdo que ele não quer ver.

O Inbound Marketing, também conhecido como marketing de atração, é o oposto disso, e é no que sua empresa precisa focar. São estratégias que buscam atrair a atenção do cliente oferecendo conteúdos relevantes e sendo útil para quem assiste ou lê. É uma forma menos mecânica de interação, que procura atrair a atenção oferecendo algo em troca e se prepara para quando o cliente chega.

Dados mostram que esse tipo de marketing, que consiste em criação de conteúdo, pode gerar 3x mais oportunidades reais de negócio (chamadas de leads) do que o marketing invasivo, além de ser bem mais barato.

Ter a persona da sua empresa indefinida

Como é o perfil do seu cliente ideal? Quais os hábitos de consumo, suas necessidades, preferenciais pessoais? Tudo isso compõe a persona da sua empresa, o cliente típico, para o qual você está oferecendo seu produto e serviço.

Hoje, os consumidores estão em todo lugar, sabem o que querem e como conseguir. Por isso, definir uma persona é essencial para saber como abordar esse consumidor que está cada vez mais exigente.

É um passo fundamental para que as estratégias de marketing de fato atinjam os consumidores e não desperdicem esforços e recursos procurando atrair quem não será cativado. Definir essa persona não é difícil, mas é extremamente importante para obter resultados.

Produzir conteúdo sem propósito

Lembra que falamos que marketing de atração consiste em atrair seu cliente oferecendo algo útil? Então, sua “moeda” de troca será um conteúdo de qualidade, que fará com que o usuário não se arrependa de ter entrado em seu perfil ou site para conferir o que você tem a dizer ou mostrar.

Além de atrair visitantes e potenciais clientes, o conteúdo também guiará até o catálogo. Por isso, é importante produzir algo que, além de útil, se relacione ao que a empresa oferece. Algo que justifique a presença do cliente em seu perfil ou página.

E quando falamos de conteúdo, não pode ser qualquer coisa, mas podem ser muitas coisas. Textos para blogs, vídeos no Youtube, grupo de imagens ou séries de stories no Instagram. Existem muitas formas de produzir algo útil que cative algum cliente. Depende, claro, do seu segmento e de qual é a persona da sua marca.

Tudo isso é essencial para que sua empresa seja vista como autoridade no ramo, se diferenciando de tantas outras que só buscam atrair atenção sem estratégias.

Desconhecer a jornada de compra do cliente

Aqui, mais um item da categoria Conhecer bem o seu cliente. A jornada de compra é aquilo que vai estar por trás das estratégias para atrair a pessoa ideal, no momento ideal e da forma certa.

A jornada é definida basicamente em três estágios, que são os momentos pelos quais os o público-alvo passa antes de se tornar um cliente:

  • Consciência: o consumidor reconhece que tem um problema ou necessidade que precisa resolver ou aprender sobre.
  • Consideração: quando já sabe do que precisa e considera suas opções.
  • Decisão: depois de ponderar as escolhas, já sabe o que precisa fazer.

Saber que tipo de conteúdo oferecer para cada uma dessas etapas é importante para cativar o cliente e guia-lo até a tomada de decisão, onde ele pode optar por um produto ou serviço de sua empresa.

Em suas redes sociais você terá clientes em potencial que estarão em diversas etapas, da primeira à terceira. Para cada etapa existem tipos de conteúdo específicos.

Na etapa de consciência, o ideal são conteúdos mais amplos que despertem atenção do público: posts, artigos e e-Books com temas introdutórios são interessantes.

Na segunda etapa, a de consideração, é possível fazer conteúdos mais aprofundados, trazendo exemplos de soluções para os problemas do cliente. Uma boa ideia é trazer experiências reais de sucesso, por exemplo, trazer uma situação em que um ente resolveu sua necessidade através de um produto ou serviço de sua empresa.

Por último, na etapa de decisão, é a hora de convencer sobre a qualidade da sua marca. É possível oferecer amostras grátis, materiais corporativos, benefícios cumulativos, descontos temporários, tudo através de um conteúdo produzido. Basicamente, tudo que você pode oferecer que comprove a qualidade do seu serviço.

Não oferecer facilidades

Mesmo que seja produzido um conteúdo de qualidade, não é possível esperar que seu cliente pretendido queira entrar em contato com você “do nada”. É importante oferecer algo que dê a chance de colocar sua empresa em contato com esse cliente.

Apenas um botão de “entre em contato” em seu site ou rede social não é suficiente. Opções como “pedir um orçamento”, “baixe nosso e-book gratuitamente” ou “tenha os primeiros 30 dias gratuitos”, por exemplo, são formas de estabelecer um melhor contato com o cliente e mostrar as facilidades que a empresa oferece.

O mais importante, na verdade, não se trata de oferecer essas facilidades, mas obter formas de entrar em contato constante com o cliente em situações futuras.

Quando ele quiser aproveitar essa oferta, ele terá que oferecer seus dados, principalmente seu e-mail. A partir daí, a empresa já tem esse contato marcado em sua base de dados, e pode continuar alimentando esse cliente com novos conteúdos, guiando-o até novos negócios, o que chamamos de nutrição de lead.

Esquecer o que importa de verdade

Muitas empresas baseiam seu conteúdo buscando atingir resultados que, na prática, não trazem oportunidade de negócio.  Visualizações de post e curtidas na página ou perfil não levam necessariamente às vendas. O que faz isso, na verdade, é um conteúdo bem trabalhado.

É muito melhor analisar métricas que indicam concretizações de negócio. Entre as mais importantes estão: número de visitantes únicos; quantidade de leads gerados; e quantos clientes foram conquistados.

Os leads, termo muito utilizado no marketing digital, é bastante importante aqui. Ele se refere ao número de pessoas cadastradas e interessadas em adquirir tal produto, serviço e conteúdo. Basicamente, é quando um usuário comum passa a se tornar uma oportunidade de negócio para a empresa. A quantidade de leads gerados é um dos principais indicativos para saber se as estratégias estão dando certo ou não.

Erros de marketing também são humanos

Para toda empresa que está começando ou nunca teve a chance de conhecer as estratégias ideais para sua marca, é normal cometer tais erros.

No entanto, aprender com eles é essencial. A persistência em estratégias sem sentido e ausência de objetivos podem, de fato, levar às piores consequências para os negócios. A plataforma digital hoje é o mais importante ambiente para o estabelecimento das empresas, sem dúvida.

Com nosso artigo, esperamos ter ajudado você a dar mais foco às suas estratégias, evitando os principais erros de marketing.

No entanto, mesmo com todas as dicas do mundo, sabemos que a ajuda de profissionais de marketing também é importante para alinhar objetivos e garantir um bom conteúdo. Por isso, indicamos a Projetual, agência de marketing digital especializada na obtenção de resultados através das redes sociais. Conheça-os!

Tags:

Posts Relacionados

1 Comentário

Deixe um comentário


Bume