“A automação no Instagram está ameaçada”. “Usar ferramentas de automação no Instagram é ilegal”. Você já se deparou com frases como essas na internet e se questionou se estamos chegando ao fim da automação no Instagram? Se sim, agora é a hora de acabar com esse assunto de vez e esclarecer a verdade: a automação está mais forte do que nunca no Instagram.

Ela não chegou ao fim e, pelo contrário, agora está mais poderosa. Desde a resolução publicada pelo Facebook de que daria fim às ações por meio de API’s não oficiais, quem perdeu espaço mesmo foram os “vendedores de seguidores”. Eles saíram do mapa e não apenas do Facebook, já que a decisão afetou também o Instagram e outros aplicativos da marca.

Automação no Instagram X proibição de API’s

A sigla API vem do inglês “Application Programming Interface“. São utilizadas na ciência da computação como uma ponte que integra dois ou mais sistemas. São aplicações que fazem parte da infraestrutura invisível dos softwares, diferentes da sua interface. A API possibilita promover ações dentro do banco de dados, proporcionando segurança na troca de informações.

Todo aplicativo tem suas API’s nativas, porém as Redes Sociais são passíveis de serem utilizadas com aplicações de terceiros. E a caça a esse tipo de prática se tornou algo mais severo agora.

As ações de automação, que alarmaram o setor do marketing digital ao serem decretadas proibidas, dizem respeito apenas a softwares e malwares. Alguns exemplos são API’s não oficiais infiltradas dentro da rede. Portanto, não seria o fim da automação do Instagram. E sim o fim da era “dos piratas”.

Essa mudança possibilitou que as ferramentas que verdadeiramente automatizam a busca de seguidores de forma estratégica e dentro das normas dos aplicativos, fiquem ainda mais livres para interagir e obter resultados reais.

A estratégia é que a automação do Instagram seja como uma extensão de um usuário comum. Conseguir fazer as mesmas ações que uma pessoa, só de forma otimizada e automática.

Automação no Instagram com o Bume

Assim como outras ferramentas sérias no mercado, o Bume é um bom exemplo de automação no Instagram que não foi ameaçado pelo discurso recente e a mudança do Instagram em relação às API’s, conforme mencionado acima. Ele age exatamente como um “usuário comum” poderia agir, dentro dos limites estabelecidos pelo próprio Instagram.

Isso é possível devido ao tipo de tecnologia que está por trás do Bume. São utilizados dispositivos virtuais que atuam como se fossem um usuário acessando o perfil de um celular e não apenas diretamente da nuvem. Assim o Bume faz várias ações de maneira automática:

  • seguir;
  • curtir;
  • mandar mensagens;
  • programar seus posts.

Sempre fiel aos preceitos e normas de utilização do Instagram. A ferramenta está sempre preparada para suspender suas ações antes de ser considerada spam ou obter qualquer classificação abusiva.

Vale a pena fazer um teste gratuito e experimentar com seus próprios olhos o porquê a automação no Instagram não chegou ao seu fim e nem está perto disso. Tenho certeza que o Bume vai deixar isso ainda mais claro para você. Sucesso na sua estratégia de marketing digital!

instagram para pequenas e médias empresas

Tags: ,,