Já não é uma novidade que as redes sociais são extremamente importantes em qualquer estratégia de marketing desenvolvida atualmente, certo? Afinal, as empresas e os profissionais já têm consciência da relevância desse canal para o relacionamento com a audiência.

Porém, ainda existem muitos mitos sobre as redes sociais circulando e que comprovadamente não fazem sentido. Essas dúvidas podem fazer com que erros ocorram e, assim, transformar esses potentes canais em ferramentas subutilizadas.

Para desmistificar essas informações não verdadeiras, listamos os 5 grandes mitos sobre as redes sociais que devem ser esquecidos pelas empresas e pelos profissionais de marketing.

1. Meu público não está nas redes sociais

Algumas empresas pecam ao não investir muito em redes sociais por pensar que os seus públicos não estão presentes nessas mídias. Isso é um erro grave, pois, na contemporaneidade, é difícil encontrar uma pessoa com poder de consumo que não tenha conta em, pelo menos, um desses canais.

Um estudo realizado no final de 2017 pela Hootsuite e pela We Are Social concluiu que, no mundo, cerca de 40% da população já está presente nas redes sociais. Nesse cenário, é difícil encontrarmos um tipo de produto ou serviço que não tenha público nas redes sociais.

2. Quanto mais hashtags, melhor

As hashtags (#) são muito importantes em uma estratégia nas redes sociais. Elas devem ser utilizadas para atingir a determinados públicos que pesquisam por assuntos relacionados à sua empresa nas redes sociais. Porém, é necessário ter muito cuidado e não exagerar no uso desse artifício.

O ideal é que sejam usadas, no máximo, 10 hashtags por publicações, pois mais do que isso faz com que o post fique com uma aparência péssima.

Além do mais, textos com muitas hashtags podem ser identificados pelas pessoas como spam e os resultados alcançados já não serem tão significativos como poderiam ser.

3. Postar com muita frequência otimiza os resultados

Outro erro grave e que é cometido por muitos estrategistas de marketing é pensar que quanto mais conteúdo é compartilhado nas redes sociais, melhores são os resultados. Isso se justifica pelo fato de que, cada vez mais, o alcance orgânico dos posts em redes como o Facebook está diminuindo.

De tal modo, quanto mais conteúdo você compartilhar, mais dinheiro terá que investir em impulsionamento e anúncios nas mídias sociais para alcançar bons resultados com o público nesses canais. Portanto, a premissa de que é importante compartilhar muito conteúdo é falsa e deve ser evitada pela sua empresa.

Outro fator que contribui para a inverdade desse mito é que muito conteúdo pode chatear os fãs, que simplesmente podem deixar de seguir a página ou perfil da empresa. Em vez de quantidade, é preciso investir em qualidade e desenvolver conteúdos que realmente sejam interessantes para o seu público e gerem engajamento para a sua empresa.

4. Excluir os comentários negativos evita má impressão

Incidentes acontecem em qualquer empresa e, por mais que você preze pela boa qualidade de seus produtos ou serviços e preste um excelente atendimento, algumas pessoas podem ficar chateadas por diversas circunstâncias.

Assim, comentários negativos podem ser deixados em sua página. No entanto, será que apagá-los é a melhor solução? A resposta é não — e não faltam exemplos de situações em que comentários negativos foram apagados e geraram problemas para as empresas.

Afinal, tudo o que é postado em uma página é público e as pessoas podem tirar prints de seus perfis, o que inclui os comentários negativos. Dessa forma, é um erro apagar os comentários negativos, pois as imagens salvas podem ser postadas novamente pelas pessoas que fizeram prints, causando sérios danos à imagem da empresa.

Em vez de apagar o comentário, seja educado e solícito, e tente resolver o problema da pessoa. Com empenho você pode transformar um comentário de reclamação em um elogio.

5. Gerar leads em redes sociais é impossível

O foco das redes sociais são as relações públicas — ou seja, é preciso administrar relacionamentos com os seguidores da empresa. No entanto, uma coisa não anula a outra e não é porque esses canais são excelentes para se relacionar com os consumidores que eles não podem gerar Leads e, consequentemente, vendas para seu negócio.

Existem uma série de estratégias nas redes sociais que podem gerar leads. Descobrir as mídias mais utilizadas pelas personas do seu negócio é o primeiro passo para isso.

Publicar em grupos que reúnem determinados nichos de mercado, fazer remarketing e investir em Facebook Lead Ads, por exemplo, são excelentes estratégias para gerar leads com as redes sociais.

Mesmo que só o relacionamento fosse levado em consideração, a boa imagem construída nas mídias sociais faz com que as pessoas se sintam mais à vontade de fechar negócio com uma empresa e não com outra.

Conseguimos esclarecer os 5 principais mitos sobre as redes sociais? Então, se você acreditava que algum deles era verdade, está na hora de repensar as suas atitudes e deixar de pensar desse modo.

Conhece algum outro mito que deve ser esquecido ou quer compartilhar a sua experiência conosco? Então deixe um comentário no espaço abaixo.

Guest post escrito pela equipe da Resultados Digitais.